Notícias

L-atitude Beer promove degustação virtual de IPAs

A evolução das IPAs é a terceira edição do workshop Beer Geeks, em parceira com a SPXP

O L-atitude Beer já retomou suas atividades presenciais, porém, em sua estratégia, os eventos virtuais ainda têm espaço. Por isso, realiza no próximo dia 24 de setembro, às 20 horas, uma degustação virtual com quatro IPAs diferentes. “A evolução das IPAs” é o tema da terceira edição do workshop online Beer Geeks, realizado em parceira com SPXP, curadoria de experiências.

Com base na paixão brasileira por este estilo de cerveja de origem inglesa, mas dominada pelos americanos, a beer sommèliere, Christiane Disconsi, guia a experiência online, cheia de interatividade, história e sabores, mostrando como a IPA inglesa original, oficialmente datada de meados de 1830, se tornou o verdadeiro “suco de lúpulo”, dos dias de hoje. Análise sensorial e dicas fazem parte desta experiência que conta com a degustação das cervejas ao vivo.

VENDA

A experiência online já está à venda no site SPXP e custa R$ 286,00. Para a degustação virtual, o cliente recebe em casa rótulos emblemáticos dos estilos English IPA, American IPA, Imperial IPA e NE IPA. Além das bebidas, também será enviado um material de apoio, com informações sobre as cervejas, incluindo fichas técnicas e outros dados. Quem compra ainda recebe o link para acesso ao evento, destinado a apenas cinco participantes, que podem interagir durante a prática. A dica é reunir familiares, ou amigos para melhor aproveitar o evento e dividir a experiência que acontece no conforto do lar.

UM POUCO DE HISTÓRIA

Reza a lenda que a IPA foi inventada em 1760, por George Hogdson, um cervejeiro londrino que precisava garantir que suas cervejas chegassem em boas condições na Índia. George teria produzido uma Pale Ale mais forte e aumentado sua carga de lúpulos. A planta tem propriedades bacteriostáticas e ao lado do teor alcoólico mais potente, garantia que a longa viagem fosse concluída, sem contaminação do líquido e aumentando seu tempo de conservação. Porém a nomenclatura India Pale Ale só surgiu em 1829, quando foi citada oficialmente em um jornal da também colônia britânica, Sidney, na Austrália. Em solo inglês, só começou a ser mencionada em 1835, quando apareceu pela primeira vez no jornal Liverpoll Mercury.

MERCADO

Em 2016 a produção deste estilo, nos EUA, chegou a 28% do mercado de cervejas artesanais – fatia representada por 12,1% do market share da nação que detém o título de maior produtora de cervejas do planeta.

Dos 22,135 bilhões de litros/ano, 750 milhões foram IPAs, conforme dados do Brewers Association.

Quanto ao Brasil, o País é o terceiro colocado no ranking dos produtores globais de cervejas. Em 2016, foram 13,334 bilhões de litros, mas quando o assunto é produção artesanal e independente, ainda faltam números para comparações e estudos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: